sábado, 25 de setembro de 2010

A regionalização do Brasil



Divisão regional de 1941
A primeira divisão regional oficial do Brasil foi divulgada pelo IBGE em 1941. A ênfase estava nas localizações, em detrimento das análises das características físicas, humanas e econômicas das áreas que agrupava. Assim, ainda em 1941, o IBGE apresentou uma nova proposta de regionalização que visava facilitar os estudos estatísticos elaborados pelo governo, além de servir de suporte para o ensino de Geografia do Brasil nas escolas .
Essa divisão regional utilizava como critério conceito de vegetação natural, considerando prioritariamente o clima, a vegetação e o relevo, e estabelecia cinco grandes regiões para o país: Norte, Nordeste, Leste Sul e Centro-Oeste.
Divisãoregional de 1945
A divisão regional feita em 1945 manteve as grandes regiões da divisão de 1941, mas acrescentoucategorias hierárquicas, como as grandes regiões, as regiões, as sub-regiõese as zonas fisiográficas, além dos novos territórios federais criados em 1942(Fernando de Noronha) e 1943 ( Amapá, Rio Branco, Guaporé, Ponta Porã e Iguaçu)
Estabelecia cinco grandes regiões para o Brasil, ainda com base nos aspectos naturais: Norte, Nordeste (dividido em ocidental e oriental), Centro-Oeste, Leste (dividido em setentrional e meridional) e Sul.
A regionalização desse período foi aceita até 1969, quando as transformações desencadeadas pela industrialização e a urbanização obrigaram o IBGE a estabelecer uma nova regionalização.
Divisão regional de 1969-1970
No início dos anos 1970, adotou-se o conceito-base das regiões homogêneas definidas pela combinação de aspectos naturais, sociais e econômicos. Mas não havia um limite preciso entre os elementos físicos e humanos de uma região para outra. A região Leste desapareceu, e a Bahia e o Sergipe passaram a integrar a região Nordeste.
Na região Sul ficaram somente os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, enquanto São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo passavam a constituir a nova região Sudeste.
Esse formato de divisão regional é o que premanece até hoje, embora tenha sofrido algumas alterações posteriores. Em 1977, por exemplo, o Centro-Oeste passou a contar com mais um estado, em virtude do desmembramento de Mato Grosso, que originou o Mato Grosso do Sul, e em 1988 surgiu o estado de Tocantins, com a divisão de Goiás. O Tocantins foi incluído na região Norte, devido a sua forte articulação econômica com o estado do Pará e com o sul do Maranhão.
(Fonte: Enciclopédia do Estudante, 2008. Editora Moderna)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário